A Nossa Missão


Fruto da reflexão que iniciamos e que fomos partilhando com muitos/as de vocês, tendo hoje falado com uma larga maioria das Associações de Estudantes da Academia do Porto, sentimos que é nosso dever apresentar um projeto sólido para a FAP, que por um lado seja referencial de estabilidade e continuidade no bom que a FAP tem, e propondo realizar o potencial da Federação noutras áreas onde o contributo da Academia poderá ser determinante.
O mundo está em constante transformação e desenvolvimento. Nos dias de hoje, a sociedade exige uma resposta séria e rápida a várias questões e problemas. A Federação Académica do Porto e a Academia não são exceção. Por sermos uma estrutura política, de representação geracional, temos a responsabilidade de assumir a liderança em todas as áreas em que intervimos, e por isso devemos continuar a trilhar um caminho com uma visão de, e para o futuro, numa perspetiva de melhoria contínua, não esquecendo o passado, mas traçando novos horizontes de futuro. A reflexão que procuramos iniciar junto das Associações de Estudantes, entendemos que deve ser alargada a toda a Academia, e por isso lançamos esta plataforma pública, onde podes deixar a tua reflexão ou o teu contributo.
Julgo que hoje somos porta-vozes de um amplo consenso que entende que o futuro da Academia deve passar pela construção de um projeto que reúna contributos das várias Associações de Estudantes para as mais diversas áreas, tendo por base tudo aquilo que até hoje já foi feito, perspetivando sempre a otimização dos processos, o que permitirá ganhar tempo e espaço para inovar e alargar os horizontes da Academia do Porto. Só um projeto com esta base conseguirá continuar a acrescentar valor, a comprometer e a unir a Academia em sua volta, para que juntos/as sejamos mais fortes, para que juntos/as consigamos ir mais longe. É com este sentido de responsabilidade que nos propomos a liderar a os destinos da Academia no próximo mandato, construindo uma equipa forte e determinada para olhar a Academia para lá da FAP. Desejamos ser MAIS ACADEMIA, reconhecendo a diversidade e a riqueza existente em cada faculdade, em cada instituto superior, em cada escola, valorizando o que de melhor é feito por cada estudante, sendo mais ambiciosos e oferecendo novos caminhos para a FAP.
Devemos ir mais além por uma prioridade na educação, não deixando nenhum/a estudante para trás, seja por razões económicas ou sociais, fazendo do combate ao abandono uma bandeira prioritária. Queremos um ensino superior mais inclusivo, seja com respostas no contexto da ação social escolar, seja no pela inclusão social de todos/as os/as estudantes que compõe a academia, e de todos/as aqueles que precisam da academia. Uma FAP que possa agir local, mas pensar global, olhando o espaço de ensino superior no contexto internacional, em particular no contexto europeu. Queremos ser mais competitivos/as no desporto universitário, mas queremos que a saúde e o bem-estar sejam também uma prioridade. Queremos uma FAP sustentável financeiramente, mas arrojada nas atividades académicas, com maior responsabilidade social e com mais reconhecimento na sociedade. Queremos por isso uma Queima das Fitas que responda a estes princípios, propondo um encontro entre tradição e futuro, diversão e responsabilidade. Queremos uma FAP com preocupações democráticas, um ensino superior que privilegie os direitos humanos, uma relação privilegiada com a cidade; uma academia onde mais do que estudar, se possa viver, com acesso à habitação, com qualidade de vida, onde todos/as contam e a FAP conta com todos/as. Esperamos contar com o vosso contributo, porque só em conjunto é que, de facto, SOMOS MAIS ACADEMIA!


João Pedro Videira


A FAP


A Federação Académica do Porto (FAP) foi fundada em 1989, surgindo como interlocutor representativo da melhor Academia do país.

Sobre a FAP

A FAP é hoje uma estrutura de referência no contexto regional e nacional, sendo o seu papel determinante no contexto do ensino superior. Afinal, é mesmo esse o seu lema, o nosso lema: “Por uma prioridade na educação”!
Porém, a FAP é mais do que uma mera estrutura de representação de estudantes. Ela é uma estrutura de liderança geracional que estabelece novos horizontes para as novas gerações, promovendo uma sociedade com mais educação, mas também mais democrática, mais coesa, mais inclusiva, mais saudável e mais sustentável.
A FAP é diversidade e meritocracia, é dedicação e trabalho, é política não sendo partidária, nem se subjugando a qualquer diretiva partidária. A FAP é uma estrutura de ideais e debate, onde a diversidade cria uma unidade mais forte. É homogénea e tem identidade, apesar da diversidade dos subsistemas que representa, das características próprias de cada estudante que dela faz parte, da permanente mudança das sucessivas gerações que lhe sucedem.
O seu legado é valioso e inspira confiança, respeito e até mesmo admiração, e o seu futuro carrega em si a sua História, feita por cada um/a dos que a ajudaram a construir, feita por cada um/a de nós que hoje é parte de si, feita por todos/as aqueles que depois de nós hão-de vir, e acrescentarão um pedaço mais à admirável estrutura que hoje conhecemos.

Mais sobre a FAP

Lista M


Lista Candidata aos Órgãos Sociais da FAP.

Direção


João Pedro Videira

Presidente

aeISEP

Abel Tiago

Vice-Presidente

AEFEUP

Fábio Teixeira

Vice-Presidente

AEESEnfP

Bianca Silva

Tesoureira

aeESS

Marcos Alves Teixeira

Secretário-Geral

AEFFUP

Mónica Carneiro

Vogal

AEFPCEUP

Rui Freire

Vogal

AEFADEUP

Francisco Oliveira

Vogal

AEFEP

Patrícia Videira

Vogal

AEFCUP

MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL


Álvaro Pereira

Presidente

AEFDUCP

Ana Gabriela Cabilhas

Vice-Presidente

AEFCNAUP

André Rodrigues

Secretário

AEFMDUP

Conselho Fiscal


Vasco Oliveira

Presidente

AEFEG-UCP

Bruno Ribeiro

Relator

AEFT-UCP

Vera Silva

Secretária

AEESB-UCP

Dimensões


Educação e Futuro Sustentável


Promover uma Educação mais inclusiva e mais horizontal. Formar pessoas e cidadãos/cidadãs, desde uma fase inicial, para se preparem para uma sociedade em evolução, e para que acrescentem mais inovação, conhecimento e permitam à Academia, a eles/elas próprios/as e a toda a comunidade perpetuarem um futuro mais sustentável, mais qualificado e com melhor qualidade de vida.

Sustentabilidade


Pretendemos potenciar a Federação Académica do Porto, garantindo uma gestão financeira equilibrada e racional, que nos permita sustentar toda a atividade da FAP, realocando verbas a atividades e áreas de intervenção já existentes e às quais queremos dar continuidade, permitindo-nos assim, alargar o leque de atividades a desenvolver ao longo o mandato. Planeamos, por isso, apostar na captação de novas formas de financiamento existentes, quer a nível comunitário, nacional ou europeu, fazendo com que a atividade da FAP não se encontre limitada ás receitas provenientes da Queima das Fitas do Porto.

Comunidade e Inclusão


Mais Academia, significa para nós, mais envolvimento com as comunidades e promoção de inclusão e coesão social na cidade que acolhe a Academia. Tendo em consideração a diversidade de realidades e necessidades, procuramos dar também uma resposta diversa, incluindo temas como a inclusão social, igualdade de género, igualdade de oportunidades, combate aos consumos nocivos e a incapacidade.

Desporto, Saúde e Bem-Estar


Consideramos que o Desporto tem um valor fundamental na vida de cada um/a, tanto a nível físico, mental e até mesmo social. Pretendemos promover a saúde e o bem-estar através de ações de sensibilização e de atividades desportivas informais no sentido de aproximar a Academia aos/às estudantes e à Cidade”, para que estes/as se deixem envolver pelo espírito tão característico da cidade Invicta.

Academia Viva


A Academia Viva é mais que um simples termo para designar um projeto. É um objectivo a atingir, é o culminar de um trabalho que abrange todos/as aqueles/as que fazem parte de esta Academia! Neste conceito, a natural simbiose entre todos/as aqueles/as que se inserem na Academia, é a chave para uma dimensão cada vez mais inclusiva e transversal da diversidade dos/as Estudantes. Desde núcleos de estudantes, passando pelos Grupos Académicos, até às artes performativas, a Academia está recheada de talentos e potencialidades que devem ser apoiadas e promovidas. Esta conduta é fundamental e imprescindível, pois estas dimensões são cruciais para o desenvolvimento completo de todos/as os/as Estudantes do Ensino Superior. Os desafios que estes/as enfrentam a quando iniciam este percurso, nunca devem ser desvalorizados. Para que a unificar a Academia é necessário uma integração abrangente e completa. As múltiplas metodologias que tornam esta integração possível são sustentadas pela vontade de tornar viva esta Academia!

Decidir o Futuro Hoje & Plataforma Para o Mundo


O percurso dos/as estudantes de hoje no ensino superior ultrapassa o seu propósito primordial de formação e transferência de conhecimento evidenciando-se cada vez mais a sua magnitude na construção e desenvolvimento não só de futuros/as trabalhadores/as capazes, proativos e eficientes, mas enquanto cidadãos e cidadãs responsáveis, solidários/as e participativos/as. Reconhecemos a internacionalização do ensino superior, a promoção da participação democrática, a transferência de conhecimento, a cidadania e a construção, defesa e promoção dos direitos de todos os cidadãos e cidadãs como caminho basilar para sermos mais academia.

Conhece o Nosso Programa Eleitoral


Faz o download aqui.



Contactos


Entra em Contacto Connosco!